Este site é melhor visualizado em versões superiores ao IE 7. Por favor, atualize seu navegador.

Dr. Isaac Ramos
Oftalmologia Clínica e Cirúrgica
CRM-AL: 5089

Glaucoma

O que é glaucoma?

É uma doença ocular que causa a degeneração do nervo óptico. O Nervo óptico é formado por um feixe de fibras nervosas que tem a função de transmitir as imagens que chegam aos olhos para o cérebro.

_

Quem tem pressão ocular alta tem glaucoma?

Nem sempre. A pressão ocular normal está situada entre 10 e 20 mm de Hg. Pensava-se que a pressão ocular maior que 20 era a principal causadora do glaucoma, porém há pessoas com pressão acima de 20  que não têm glaucoma  e outras com pressão na faixa normal que têm a doença. Portanto a pressão ocular alta nem sempre é glaucoma mas é um fator de risco importante para esta enfermidade.

_

Por que a pressão ocular sobe?

No interior do olho existe um líquido chamado humor aquoso que é continuamente formado, e drenado na mesma proporção. Quando há qualquer obstáculo no escoamento deste líquido, ele fica “represado” dentro do olho elevando a pressão.

A. Nervo Óptico Normal; B. Nervo Óptico no Glaucoma (Escavação Aumentada).

A. Nervo Óptico Normal; B. Nervo Óptico no Glaucoma (Escavação Aumentada).

_

Quais são os sintomas?

No glaucoma crônico a pessoa não sente dor, desconforto ou alteração visual, sendo por esta razão difícil de ser detectado. Enquanto isso o nervo óptico se deteriora aos poucos, ocorrendo uma perda progressiva do campo visual  que se não for tratada levará a cegueira.

Simulação da visão do paciente no Glaucoma.

Simulação da visão do paciente no Glaucoma.

_

Como a pessoa sabe se tem glaucoma?

Pelo menos uma vez ao ano, deve-se procurar o oftalmologista que realizará os exames específicos para o seu diagnóstico. O glaucoma é a principal causa de cegueira irreversível.

_

Quem pode desenvolver Glaucoma?

Qualquer pessoa pode desenvolver glaucoma, mas o risco é maior naquelas que apresentam um ou mais dos seguintes fatores:

• Pressão intra-ocular elevada • Raça negra
• História familiar de glaucoma                   . • Diabetes
• Idade acima de 40 anos • Alta miopia
• Uso de corticóide • Trauma ocular prévio

_

Exames para o diagnóstico de Glaucoma:

• Biomicroscopia de fundo de olho              . • Tonometria
• Paquimetria • Campo Visual Computadorizado
• OCT • Retinografia
• Curva Tensional Diária • Teste de sobrecarga hídrica

.

Os exames necessários para diagnosticar o glaucoma variam de caso a caso.

.

Existe cura para o glaucoma? E cirurgia?

Ainda não há cura, mas pode ser controlado efetivamente, principalmente na fase inicial. O tratamento é feito com colírios que diminuem a pressão ocular para um nível que não prejudique o nervo óptico. Este nível é determinado pelo oftalmologista. A cirurgia existe, mas não recupera a visão, ela evita  a progressão da perda visual. Seu objetivo é reduzir a pressão quando não se consegue com colírios. Quando a doença está controlada, o nervo óptico e a visão estão protegidos.

.

Veja mais informações sobre glaucoma no vídeo abaixo:

_

_